III SEFELI
Seminário Formação de Professores e Ensino de Língua Inglesa

5 a 7 de outubro de 2015
Universidade Federal de Sergipe
São Cristóvão, Sergipe, Brasil

 
 
Workshops

A inscrição para oficinas será feita no próprio ato do credenciamento. São 30 vagas para cada oficina.

USO E PRODUÇÃO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS PARA O ENSINO DE LÍNGUAS
Vilson J. Leffa (UCPel / CNPq)

A oficina tem três objetivos: (1) descrever o que são recursos educacionais abertos (REAs) para o ensino de línguas; (2) demonstrar suas potencialidades e limitações; e (3) mostrar como o professor pode construir esses REAs por meio dos sistemas de autoria. Vários REAs já elaborados por professores, disponíveis em acervos, serão analisados, juntamente com seu impacto na opinião dos alunos. Finalmente, lançam-se algumas propostas de compartilhamento desses acervos para facilitar o trabalho do professor na elaboração dos REAs.



FERRAMENTAS DIGITAIS
Vera Menezes (UFMG / CNPq)

Neste minicurso apresentarei algumas ferramentas digitais gratuitas e online que podem ser utilizadas por professores e alunos para pesquisar (recursos menos conhecidos do Google e Webcorp), colaborar (Padlet e VoyForums), criar (Bookr, Vocaroo e Animoto) e compartilhar (Weebly, Pinterest e Openzine). Os participantes poderão levar seus equipamentos com conexão à Internet para testarem o uso de algumas dessas ferramentas.



Por que professores de inglês precisam ser pesquisadores?
Sérgio Ifa (UFAL)

Por que preciso fazer pesquisa? Como fazer um projeto de TCC ou mestrado? Por onde começo? Devo fazer um apanhado histórico do assunto? Para que serve o Comitê de Ética? Esses e outros questionamentos serão discutidos na oficina que tem um duplo objetivo: (1) problematizar a importância da pesquisa em linguística aplicada e (2) discutir as possibilidades e desafios que surgem em vários momentos da pesquisa (por exemplo, na elaboração do projeto, na coleta de dados, na interpretação/análise dos dados).

Público alvo: licenciandos e ingressantes a programas de pós-graduação em linguística (aplicada) e/ou educação.



PRÁTICAS DE LETRAMENTO EM LÍNGUA INGLESA PARA ALUNOS SURDOS
Dánie Marcelo de Jesus (UFMT)

Nos últimos anos, a educação voltada para alunos surdos vem sofrendo profundo avanço político. Contudo, é ainda comum o discurso ouvintista (SKILLAR, 1998) que propaga representações nos quais o surdo deve se olhar e se narrar como se fosse ouvinte. Dessa visão, trazem diversas formas de normatização do surdo na sociedade, não observando sua especificidade como sujeito. O reflexo dessa posição pode ser materializado na dificuldade educacional enfrentada por surdos, com um número expressivo de baixa escolaridade em seu meio, associado à baixa qualificação profissional e diminuto acesso ao ensino superior. Diante desse quadro, professores se manifestam com dificuldade em lidar com esse tipo de discente, especialmente professores de língua estrangeira que se veem com dupla missão: lidar com a língua-alvo e com as necessidades específicas desses alunos. Em decorrência disso, busquei, por meio da modalidade de extensão, ofertar um curso de língua inglesa, em uma escola bilíngue pública, com a finalidade de colher subsídios para formação de professores. Nesta oficina, procuro apresentar minha experiência com ensino e aprendizagem de língua inglesa para esse público, focalizando a produção de material didático e estratégias utilizadas à luz dos estudos de letramentos.



DESENVOLVENDO MATERIAL DIDÁTICO PARA AULAS DE INGLÊS SIGNIFICATIVAS
Simone Batista (UFRRJ)

A proposta desta oficina é problematizar a expressão "aula significativa", discutir a relevância do material didático em sala de aula, e apresentar/trocar sugestões de material didático para o ensino de inglês na educação básica.



EASY ENGLISH TOOLS FOR BASIC LEVELS
Christina Jang (ETA)
Michelle Agunloye (ETA)

Do you ever feel like your English classes could be more exciting? Come play dynamic games in English with native speakers and learn about innovative activities you can use in the classroom. We are going to have fun, practice our conversation skills, learn new vocabulary and get to know others who are passionate about teaching and the English language. This workshop is aimed at basic to low intermediate level English speakers.



ENGLISH TOOLS FOR INTERMEDIATE LEVELS
Maggie Hagan-Brayton (ETA)
Stevie Gildehaus (ETA)

Do you ever feel like your English classes could be more exciting? Come play dynamic games in English with native speakers and learn about innovative activities you can use in the classroom. We are going to have fun, practice our conversation skills, learn new vocabulary and get to know others who are passionate about teaching and the English language. This workshop is aimed at high intermediate to advanced level English speakers.



Cinema as a teaching tool: Accurately portraying diversity in the States
Sydney Healey (ETA)
Drew Jungkuntz (ETA)
Alexis Nieves (ETA)

This workshop seeks to move beyond narrow notions of cultural stereotypes and expand the definition of what it means to be a citizen of the US. Utilizing clips from various films, we (three English teaching assistants working with the ISF program) will model effective use of American movies as teaching tools. The overall goal is to provide professors and educators with resources and best practices for using film as a vehicle of cultural messages in the classroom.



Letramentos, tradução intermidiática e ensino de literatura
Vanderlei J. Zacchi (UFS)

A proposta desta oficina é fazer, inicialmente, uma discussão sobre a transposição de obras do cânone literário para outras mídias, principalmente eletrônicas, e para contextos mais atuais que façam parte do cotidiano do jovem contemporâneo. Para isso, serão examinados conceitos teóricos que possam auxiliar nesse processo, tais como letramentos, intermidialidade e tradução. O propósito é examinar obras do cânone literário de língua inglesa como objeto de estudo de maneira que façam sentido para o aluno no seu cotidiano e não apenas como um objeto estético a ser contemplado. Dessa forma, algumas obras, e suas traduções para outras mídias, serão também trabalhadas com vistas a seu uso em sala de aula.